Entendendo "gramatiquês": O INFINITIVO em Português e em Inglês

Por Luciana Pirk 08/03/2022

Nas aulas de Inglês, quando os tempos verbais são apresentados, inevitavelmente ouvimos ou lemos a frase: "use the infinitive without to" (use a o infinitivo sem o to) e é esperado que o aluno SAIBA do que está sendo falado e o que é "esse infinitive aí".

Mas a verdade é que, enquanto estudamos gramática na escola e falamos nossa língua, isso não significa que conheçamos TODAS AS NOMENCLATURAS e sejamos FLUENTES EM "GRAMATIQUÊS", não é mesmo?

Pensando nisso, no Plantão de Dúvida, eu trarei dúvidas básicas e clássicas, que muitas vezes passam despercebidas nas aulas e geram, SIM, muita confusão na cabeça de vocês, estudantes.

Afinal, nós professores vivemos falando "gramatiquês" e nos referindo a SUJEITO, OBJETO, PRONOME, e muitas outras coisas que talvez (ou com certeza) você saiba e com certeza usa, mas não se lembre de todos os detalhes, o que cria uma barreira para a AQUISIÇÃO REAL do conhecimento em Inglês.


Então, chega de papo, e vamos ao que interessa:


O INFINITIVO: PORTUGUÊS VS INGLÊS


O infinitivo é a forma básica do verbo, antes de ser conjugado.

Em Português, sabemos que um verbo está em sua forma infinitiva com base em como ele termina

Por exemplo, andar, comer, sorrir.

 

Em Inglês, o que nos diz que um verbo está no infinitivo é, no entanto, como ele começa.

Por exemplo: to do (fazer), to go (ir), to study (estudar), to play (brincar), to drive (dirigir), etc.

Portanto, a forma infinitiva, em inglês, é formada por to + verbo.


Quando o usamos?

Simple Present edition

Normalmente, quando estamos conjugando verbos Inglês, não usamos a forma infinitiva. No post de hoje vamos focar no uso do Infinitivo no tempo verbal SIMPLE PRESENT, ou Presente Simples.

Nesse tempo verbal, dizemos: “I go (eu vou), you do (você faz), he drives (ele dirige), they play  (eles jogam/brincam)”, etc.

 

No entanto, usamos o infinitivo, mesmo em frases do Simple Present, quando temos dois verbos, um após o outro.

Por exemplo, quando dizemos: “I want to travel (Eu quero viajar)”.

Aqui, conjugamos o primeiro verbo, querer, e usamos a forma infinitiva para o segundo verbo, viajar.

Se você pensar, em Português, nós fazemos a mesma coisa. Quando traduzimos essa frase, o resultado que temos é “Eu quero viajar”. Assim, o verbo, querer, está conjugado no presente, enquanto viajar está no infinitivo.

 

Como em muitas coisas na língua inglesa, há exceções, e alguns verbos não são seguidos pela forma infinitiva, mas sim por verbo + -ing. Por exemplo, com o verbo “enjoy”: não podemos dizer “I enjoy to travel” e devemos dizer, em vez disso, “I enjoy traveling (Eu gosto de viajar)”.

Alguns outros verbos (mas não todos) seguidos pelo -ing e nunca pelo infinitivo são: stop (parar), consider (considerar), imagine (imaginar), avoid (evitar) e finish (terminar).


Gostou do plantão e tem dúvidas?

Fale comigo clicando aqui!

557 visualizações