8 Dicas para mandar bem na Entrevista de Emprego

Por Luciana Pirk 27/04/2022

A felicidade de receber um telefonema para marcar uma entrevista dá lugar a uma ansiedade sem fim. Afinal, você tem apenas alguns minutos para provar a si mesmo, conquistar o recrutador e ter uma chance, certo?


Pensando nisso, confira esta seleção de 8 dicas para se sair muito bem em uma entrevista de emprego. Entre conselhos de especialistas e sugestões baseadas no que a ciência diz, descubra o que aumenta suas chances de tomar uma decisão, ou como fazê-lo bem em sua entrevista de emprego.


8 Dicas para mandar bem na Entrevista de Emprego

1 Currículo

Para se sair bem em uma entrevista, a preparação, dizem os especialistas, começa com a redação do currículo. O documento serve como fio condutor para os principais pontos que serão abordados na conversa com o recrutador.

“O primeiro passo é estruturar o currículo. Ao escrevê-lo, reflita sobre tudo o que aconteceu em sua carreira e o que isso significou para sua vida profissional”, diz Axel Werner, da Kienbaum.

“O currículo deve falar dos resultados que o profissional obteve, não apenas dos conhecimentos e das atividades realizadas”, diz César Kaghofer, representante da Dale Carnegie.


2 Confiança

De acordo com descobertas científicas, aqueles que se sentem confiantes em uma entrevista de emprego tendem a ter um desempenho melhor.

Destaques da revista Time sobre o assunto:

“Preparar os participantes com sentimentos de poder melhora os resultados das entrevistas profissionais… Em ambos os estudos, juízes inconscientes preferiram, com resultados significativos, candidatos que se sentiam poderosos.”


3 Primeira Impressão

"A primeira impressão é a última impressão (ou a que fica)" não é um ditado ocioso. Pelo contrário, a ciência comprovou esse fato em vários estudos. A Time vai mais longe e diz que alguns estudiosos consideram esse o ponto mais importante das entrevistas.

“Otimize as primeiras impressões desde o início, enquadrando a conversa com algumas frases bem ensaiadas sobre como você quer ser percebido. Isso acabará sendo a estrutura na qual a outra pessoa forma suas memórias de você."


4 Linguagem Corporal

Você já ouviu falar em power posing? Basicamente, a especialista Amy Cuddy descobriu que ter uma postura confiante aumenta suas chances de sucesso em qualquer situação social.

Sua maior descoberta, no entanto, é que essa "postura" pode ser "falsificada" por alguém que não se sente super confiante.

Para colher os benefícios dessas posições, você não precisa levantar os braços para cima na sala de espera da entrevista de emprego: basta sentar com a coluna ereta, ombros para fora, peito estufado e respirar de modo mais profundo.


5 Pesquisa

"Geralmente, executivos não se preparam para entrevistas", diz a técnica Mariella Gallo. Saber o que se espera de um profissional no cargo é essencial para ter na "ponta da língua" porque você pode ser a pessoa certa para o cargo. Nesse momento vale a pena conversar com pessoas que já trabalham na empresa e também visitar o site e se apresentar como candidato.

A especialista em Recursos Humanos Claudia Bitencourt lembra que tudo isso é importante para que você saiba porque realmente quer trabalhar lá. "Quanto mais informações um profissional puder ter, melhor, porque é um processo de escolha mútua", diz.


6 Estudo

Algumas questões estarão presentes em todas as seleções. Por isso, uma dica para se sair bem em uma entrevista é estudar e se dedicar primeiro.

Prepara-se para responder a perguntas como:

  • "Por que você está interessado em trabalhar para nossa empresa?"
  • "Quais são os seus pontos fortes e fracos?"
  • "Do que você mais se orgulha? / Quais são suas maiores conquistas?"
  • "Onde você quer estar daqui a 5 anos?"


7 Perguntas

Faça as perguntas certas e relevantes. Na maioria das entrevistas, o recrutador em algum momento pergunta ao candidato se ele tem alguma dúvida. Esse comportamento não é em vão ou apenas um gesto educado do entrevistador. Na verdade, o candidato pode realmente aproveitar a oportunidade para sanar uma dúvida.

Portanto, se um candidato demonstrar interesse e conhecimento em uma questão bem estruturada, ele poderá se destacar da concorrência. Pode ser algo como "Como você caracterizaria a cultura da empresa?"


8 Prática

A habilidade de se comunicar com clareza e confiança é imprescindível em um processo seletivo. Sem essa competência, você não poderá fazer absolutamente nada que os especialistas recomendaram nos parágrafos anteriores.

"As pessoas falham muito na comunicação", diz Kaghofer.

Não se esqueça que a prática é a mãe da excelência. Treine, pratique, desenvolva essa habilidade.


E nós podemos te ajudar com isso!

Clique aqui para saber mais sobre nosso Preparatório Particular e Personalizado para Entrevistas de Emprego.

Idiomas disponíveis: Inglês, Espanhol, Francês, Alemão, Árabe e Português.

Acesse o link e agende já sua Aula Experimental totalmente gratuita.


Venha conquistar com a gente!!


42 visualizações